Sobre a Conta Advocart Bank

O que é Advocart Bank?

Advocart Bank é a primeira fintech criada exclusivamente para atender Advogados, Bacharéis e Estudantes de Direito, e Escritórios de Advocacia com serviços financeiros voltados para o segmento do Direito.

Quem pode ter uma Conta Advocart Bank?

Advogados, Bacharéis e Estudantes de Direito, e Escritórios de Advocacia podem abrir uma conta gratuitamente no site de Advocart Bank e finalizar o cadastro na app para utilizar os serviços inclusos em cada plano.

Quais são as tarifas da conta digital?

Cada conta digital oferece serviços com tarifas diferentes, com demandas especiais para cada necessidade. Você pode conferir todas na página de Conta Digital.

Qual a segurança que tenho digitando meus dados?

A Advocart Bank trabalha incessantemente para garantir a segurança dos seus dados. Nossos processos internos e infraestrutura passam pelas melhores técnicas de segurança. Todos os dados são criptografados e não salvamos em nossas redes dados sensíveis como o número do cartão de crédito.

Meu nome está “sujo”. Posso abrir uma conta Advocart Bank?

Sim, pois não é preciso ter nome “limpo” para ter uma conta Advocart Bank. Contudo, a Advocart Bank reserva-se o direito de suspender ou cancelar a conta digital do usuário, conforme previsto nos Termos de Uso e na Política de Privacidade.

Quais são as formas de atendimento do Advocart Bank?

Nosso atendimento é das 09h às 18h de Segunda a Sexta-feira (Exceto Feriados), através dos telefones 4003-7301 (Capitais e Regiões Metropolitanas), 0800-729-9423 (Demais Localidades), 11 3580-0200 (WhatsApp) e E-mail (relacionamento@advocartbank.com.br). Tudo fácil e prático!

Quero cobrar alguém que não tem Advocart Bank. É possível?

Acesse o nosso Aplicativo e no link “Depositar”, clique na opção boleto. Após gerar o boleto, envie-o para a pessoa que realizará o pagamento.

Qual a quantidade de boletos que posso emitir?

Depende do plano da sua conta digital. Você pode ver todos os planos na página de Conta Digital.

Sobre Contabilidade

É seguro fazer a contabilidade do meu escritório (PJ) com a Advocart Bank?

Sim, é seguro! A Advocart bank é associada da Simplifica Contabilidade. Eles são os responsáveis por acompanhar e garantir toda rotina contábil do seu escritório para que ela esteja sempre em dia com as obrigações do governo.

O que é contabilidade online ou contador online?

A contabilidade online ou digital é a versão tecnológica do escritório de contabilidade físico. Com praticidade e segurança você pode manter em dia todas as suas obrigações fiscais, contábeis e trabalhistas em uma plataforma online. É uma forma acessível e simplificada de cuidar da rotina do seu escritório, sendo a melhor opção para quem não quer gastar muito tempo nem dinheiro com contabilidade.

O que faz o escritório de contabilidade?

Além da abertura de escritórios (PJ), o contador é fundamental para manter o CNPJ regularizado. Por meio de análises financeiras e patrimoniais ele garante que seu escritório fique em dia com as obrigações fiscais (relacionadas a impostos), contábeis (como balanços e demonstrações), e trabalhistas (como folha de pagamento e pró-labore), entre outras. O contador também é responsável por garantir que os valores declarados condizem com as entradas e saídas financeiras.

O que está incluso na mensalidade?

Todas as atividades e rotinas contábeis exigidas por lei estão inclusas na mensalidade. Confira a Lista Completa Aqui

Qual o valor dos serviços de um escritório de contabilidade tradicional quanto vou pagar na Advocart Bank?

O valor de um escritório de contabilidade pode variar conforme a localização, tamanho e complexidade do escritório. Na Advocart Bank o valor é de acordo com o formato do negócio: começando em planos de 99 reais. Nós unimos tecnologia e conhecimento contábil para democratizar o acesso a um serviço de contabilidade com qualidade e preço justo. Saiba quanto custa a Advocart Bank.

Como advogado, quais os benefícios em ter um CNPJ?

Emitir notas fiscais para o escritório, pagar menos impostos e maior credibilidade na captação de clientes são alguns benefícios da formalização do seu negócio.

O que é Simples Nacional?

O Simples Nacional é um regime tributário que une os principais tributos e contribuições existentes no país, em sua grande maioria, administrados pela Receita Federal, mais o ICMS (de âmbito dos Estados e DF) e o ISS (de âmbito dos municípios). É norteado pela Lei Complementar (LC) 123/2006 e encontra-se em vigor desde 01/07/2007. Ao longo dos anos vem sofrendo algumas modificações. As mais significativas se referem à ampliação de limites e de atividades permitidas no âmbito deste regime.

Uma sociedade de advogados pode ser do Simples Nacional?

Sim. Há 5 anos, as sociedades de advogados podem optar pela tributação no Simples Nacional.

O que é Sociedade Unipessoal de Advocacia?

Criada pela Lei 13.247, a sociedade unipessoal de advocacia é um ente capaz de direitos e obrigações distinto da pessoa do advogado. Tem personalidade jurídica própria, a qual é adquirida pelo registro de seus atos constitutivos no setor próprio do Conselho Seccional da OAB em cuja base territorial tiver sua sede.

O que é Sociedade Simples de Advocacia?

É uma associação entre advogados que queiram montar um escritório de advocacia. Deve ser constituída como Sociedade Simples, isto é, uma Personalidade Jurídica de direito privado que oferece serviços de advocacia, não havendo necessidade de registro na Junta Comercial e sim na Seccional da Ordem dos Advogados onde está estabelecida.

Quanto vou pagar de impostos com um Escritório, Sociedade Simples de Advocacia ou Sociedade Unipessoal de Advocacia?

Uma vez enquadrada no regime de tributação do simples nacional, o escritório irá recolher em um único documento de arrecadação (DAS) o IRPJ/ CSLL/ PIS/ COFINS/ ISS, sendo que a alíquota inicial para faturamento acumulado ou proporcional dos últimos doze meses até R$180.000,00 é de 4,50%.

Como faço para abrir um Escritório, Sociedade Simples de Advocacia ou Sociedade Unipessoal de Advocacia?

Simples, baixe o modelo de contrato de constituição disponível em nosso site, registre na OAB de sua Região, após o registro nos encaminhe através do “inbox” retornaremos com CNPJ do seu escritório.

O Escritório, Sociedade Simples de Advocacia ou Sociedade Unipessoal de Advocacia pode ser estabelecida no endereço residencial?

Sim, é permitido que o Escritório ou a Sociedade Individual de Advocacia, tenha o mesmo endereço residencial do profissional.

Qual a vantagem para o Escritório, Sociedade Simples de Advocacia ou Sociedade Unipessoal, em termos de contribuição previdenciária? 

Conforme o Art. 21 parágrafo 2º inciso I da Lei 8212/1991, o profissional liberal pode optar entre recolher 11% sobre o salário-mínimo ou 20% sobre rendimentos recebidos até o limite do teto, sendo que na 1ª opção só poderá se aposentar por idade. Já no Escritório ou na Sociedade Unipessoal (enquadrada no regime do Simples Nacional) a contribuição será sempre 11% sobre o Pró Labore, até o limite do teto de contribuição e a aposentadoria poderá ser por tempo de contribuição.

Quais documentos para registrar na OAB?

Quatro vias do Contrato de Constituição devidamente assinado; cópia da Carteira da OAB do sócio; Requerimento ou ficha cadastral da OAB de sua Região e pagamento da taxa de registro.

O que é Capital Social?

São recursos próprios dos sócios que servirão de investimento inicial para manter o escritório até que o mesmo obtenha receitas suficientes para sua manutenção.

O que é Pró Labore?

É a remuneração pelo trabalho realizado pelo sócio do escritório, nos escritórios enquadrados no regime de tributação do Simples Nacional incide INSS à alíquota de 11%, também é um rendimento tributado pelo Imposto de Renda conforme a tabela progressiva vigente.

Posso apenas receber distribuição de lucros numa Sociedade Unipessoal de Advocacia?

Se o escritório é Unipessoal significa que existe um único sócio, portanto, ele trabalha no escritório, no mínimo para sua gestão é o entendimento da RFB, conforme disposto no Decreto 4729/2003 e IN RFB 971/2009, existe obrigatoriedade da Contribuição Previdenciária, neste contexto sugerimos que o escritório efetue pagamento de Pró Labore e periodicamente ocorrendo resultado positivo realize a Distribuição de Lucros.

Posso pagar minhas contas através do escritório?

Não, você deve separar as despesas pessoais das despesas do escritório, assim é necessário ter uma conta Advocart Bank para você e outra para o seu escritório.

Existe limite para contratar funcionários/estagiários na Sociedade Unipessoal ou Sociedade Simples de Advocacia, assim como é no MEI?

Não existe limite para contratação de funcionários/estagiários para Sociedade Unipessoal ou Simples.

A contabilidade atende escritórios que não são do Simples Nacional?

Atualmente Advocart Bank atende somente Escritórios de Advocacia que se enquadram no regime tributário do SIMPLES NACIONAL. Ainda não atendemos Escritórios que estejam enquadrados em outros tipos de regimes tributários, mas estamos trabalhando para, em breve, ampliarmos os serviços.

Será cobrado 13º dos honorários?

Não haverá cobrança adicional de mensalidade no mês de dezembro.

Qual a diferença entre Sociedade Simples de Advocacia e Sociedade Unipessoal de Advocacia?

A sociedade unipessoal tem natureza jurídica em que existe apenas um único sócio, enquanto a sociedade simples pode ter dois ou mais sócios. Do ponto de vista tributário, o tratamento é o mesmo.

Como faço para rescindir o serviço de contabilidade?

O cliente deverá, para rescindir o INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÁBEIS, deverá cumprir o quanto disposto no item 5 e seguintes do contrato.

Caso eu precise de serviços extras, quanto vou pagar?

Os serviços que não estão inclusos no seu plano serão cobrados da seguinte forma:

(i)  Relação de faturamento R$ 10,00;
(ii) Emissão de balancetes intermediários R$ 20,00;
(iii) Reemissão de guias R$ 5,00;
(iv) Inclusão em parcelamentos tributários R$ 100,00;
(v) Alteração contratual/Receita Federal e Prefeitura R$ 200,00;
(vi) Folha de pagamento R$ 50,00 por funcionário/estagiário;
(vii) Outros a combinar.

Os valores consignados acima serão atualizados monetariamente de acordo com o item 3.8 do INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÁBEIS

Sobre o Crédito Pessoal

Empréstimo na Advocart Bank é seguro?

Sim, 100% seguro! A Advocart bank é parceira da Lendico, uma das maiores fintechs de empréstimo pessoal do Brasil e atua no país desde 2015. A Lendico é uma correspondente do Banco Sorocred, instituição devidamente autorizada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil para conceder empréstimos.

O que é empréstimo pessoal online?

O empréstimo pessoal online é um crédito concedido por uma instituição financeira sem a necessidade de garantia. As taxas costumam ser mais baixas do que outros tipos de crédito, como cheque especial, por exemplo. Ele pode ser utilizado para diversos objetivos, desde quitação de dívidas caras até a realização de um sonho, tudo vai depender do objetivo do contratante.

Quanto tempo demora para o empréstimo cair na conta?

Tudo pode variar dependendo da instituição. Na Advocart Bank, por exemplo, se você assinar e enviar o contrato até às 13h de um dia útil, pode receber o empréstimo no mesmo dia. Fora desse prazo, no próximo dia útil.

Quais as vantagens de fazer o empréstimo online?

Comodidade – a contratação é feita sem sair de casa, na hora que precisar e onde estiver.

Taxa de juros – a possibilidade de pagar uma taxa menor é mais provável quando se contrata um empréstimo pessoal online, isso por conta das estruturas enxutas e virtuais.

Comparação – contratando um empréstimo pessoal online, é possível comparar as propostas de inúmeras empresas com alguns cliques.

Tempo – nos bancos tradicionais, uma análise de crédito pode demorar até mais de uma semana, tudo por conta dos processos burocráticos. Já nos sites que oferecem empréstimo online, como a Advocart Bank, essa demora praticamente não existe.

Quanto posso pegar emprestado?

Tudo depende da análise do seu perfil e de outras variáveis (a renda é uma delas). Na Advocart Bank, por exemplo, o valor do empréstimo pode variar entre R$ 2.500 e R$ 50.000.

Como fazer o empréstimo pessoal?

Na Advocart Bank o empréstimo pessoal é 100% online. Para contratar um crédito, é possível seguir alguns passos:

– Faça uma análise completa pelo site preenchendo alguns dados
– Aguarde a pré-aprovação
– Envie a documentação necessária pelo site para receber a oferta final
– Assine o contrato
– Receba o depósito

Qual a taxa de juros do empréstimo?

A taxa de juros para empréstimo pessoal pode variar de uma instituição financeira para outra, aqui na Advocart Bank é feita de acordo com a análise de crédito. Vale lembrar que é sempre muito importante atentar-se no CET (Custo Efetivo Total) do empréstimo, pois é ele quem mostra todos os custos que envolvem o pagamento do valor solicitado.

Quem pode fazer?

Não existe um perfil padrão para pegar um empréstimo na Advocart Bank. Resumidamente, é necessário que o consumidor seja maior de idade, tenha conta corrente na Advocart Bank e meios de comprovar sua renda mensal. Simular um empréstimo é propício para qualquer pessoa, o impedimento pode vir durante a análise.

Qual é a diferença entre CET e Taxa de Juros?

Esta é fácil, vamos lá! CET significa Custo Efetivo Total. Ele é o resultado da soma de todos os custos envolvidos no pagamento do empréstimo que foi tomado, tais como a taxa de juros, tarifas e imposto (IOF). Ou seja, a taxa de juros é apenas uma parte do CET.

Como é composta a Taxa Efetiva Total do empréstimo pessoal na Advocart Bank?

São dois custos envolvidos:
1. A taxa de juros do empréstimo.
2. O Imposto Sobre Operações de Crédito (IOF) é uma taxa que o Governo cobra em operações de crédito.

Preciso pagar algum valor/taxa antecipadamente?

A Advocart Bank não solicita nenhum pagamento antecipado para analisar sua proposta nem para liberar o valor do empréstimo. Fique atento(a) isso é crime! Se for abordado por alguém pedindo isso, denuncie imediatamente.

Quais os dados necessários para fazer meu pedido?

Você vai precisar informar: o seu nome completo, data de nascimento, CPF, a sua renda mensal, a sua ocupação atual, o motivo do empréstimo, um e-mail e criar uma senha para acessar o nosso site. Com essas informações, faremos uma análise de crédito com a resposta do seu pedido.

Todos os campos devem ser preenchidos?

Sim, para que seja feita uma análise corretamente, precisamos que todas as informações sejam preenchidas corretamente e com atenção. Uma vez preenchidas e enviadas para análise, não é possível editar ou corrigir as informações cadastradas.

Quem pode fazer o empréstimo?

Não existe um perfil padrão para pegar um empréstimo na Advocart Bank. Resumidamente, é necessário que o consumidor seja maior de idade, tenha conta corrente na Advocart Bank e meios de comprovar sua renda mensal. Simular um empréstimo é propício para qualquer pessoa, o impedimento pode vir durante a análise.

Posso usar dados de outra pessoa para solicitar empréstimo?

Não. Para solicitar um empréstimo precisamos que as informações inseridas sejam suas, ou seja, não analisamos dados de terceiros. Para a sua segurança e de todos os nossos clientes, confirmamos em cada etapa quem é o solicitante do empréstimo.

Em quantas vezes posso parcelar o empréstimo?

As opções de parcelamento são 6, 12, 15, 18, 24, 30 ou 36 meses. O prazo disponível para cada pedido pode variar de acordo com a análise de crédito.

O meu pedido não foi aprovado. Por quê? Posso pedir revisão da análise?

A aprovação do crédito é uma combinação de uma série de fatores. Veja abaixo os principais motivos que levam a não aprovação de um empréstimo pessoal.

HISTÓRICO DE PAGAMENTO – O seu histórico de pagamento é um dos fatores mais importantes para a avaliação das instituições financeiras a quem você pede crédito. Nele é considerado se você já fez algum pagamento em atraso ou se deixou alguma dívida em aberto. Quanto melhor for o seu histórico, mais chances você tem de ser aprovado para tomar um empréstimo pessoal com a melhor taxa de juros.

SCORE – É uma pontuação de crédito feita pelas instituições bancárias que as ajuda a tomar decisões na hora de ofertar crédito a alguém ou mesmo que taxas oferecer. O score é utilizando pelos bancos para medir os riscos de investir em cada uma destas pessoas por meio da concessão de crédito. Ele é usado em financiamentos, empréstimos e mesmo em consórcios.
Este valor pode ser medido de forma diferente em cada instituição financeira. Caso o consumidor tenha interesse em saber seu score Serasa, Boa Vista SCPC ou SPC, é necessário entrar em contato diretamente com estas instituições.

COMPROMETIMENTO DE RENDA – Quando você pede um empréstimo, a instituição analisa dentro de seu pedido qual é a sua capacidade de pagamento em relação ao valor que está solicitando. Esta relação precisa ser realista, ou seja, não poderá comprometer a maior parte de sua renda.

DADOS INCORRETOS OU DESATUALIZADOS – Se em algum momento do preenchimento das suas informações você digitou um dado incorreto ou mesmo desatualizado, o sistema entenderá que há um conflito de informação e negará o pedido. Isso impede, por exemplo, que alguém use seus dados indevidamente para pedir um empréstimo, pois o site verificará a inconsistência.

Mesmo após a pré-aprovação, pode haver a negativa de crédito caso algum dos documentos não esteja comprovando a informação anteriormente passada pelo usuário. Além disso, faz parte do processo de análise de crédito da Advocart Bank pedir que alguns dos documentos sejam enviados em uma selfie (foto que alguém tira de si mesmo). Com isso há maior proteção para o usuário, pois outra pessoa não poderá pedir um crédito se passando por ele.

IDADE – Para pedir um empréstimo na Advocart Bank o usuário deverá ter mais de 21 anos.

OUTROS MOTIVOS – Além de todos os motivos já citados acima, o banco leva em consideração diversos fatores antes de liberar ou não um empréstimo pessoal. Durante a análise serão verificadas informações como renda, estado civil, tipo de emprego, endereço, entre outras variáveis. Há também uma avaliação geral dos dados informados para verificar se eles foram totalmente comprovados com a documentação, o que pode ocasionar a negação do empréstimo.

Caso uma solicitação não seja aprovada, você poderá realizar um novo pedido de empréstimo após 3 meses.

Quem vai avaliar meu pedido de empréstimo?

A análise é feita pela nossa parceira (Lendico) através de um sistema automatizado.

Quais são os documentos necessários?

Os documentos necessários são:

  1. Documentos pessoais CNH ou RG e uma selfie segurando esse documento de identificação.
  2. Carteira da OAB
  3. Comprovante de renda: isso irá depender da sua ocupação, mas podem ser solicitados holerites, extrato bancário, declaração de Imposto de Renda ou algum documento complementar.
  4. Cédula de Crédito Bancário (CCB): contrato formal. É o contrato que vamos gerar para você assinar. Todo o processo é digital.

Quanto tempo dura o processo de verificação dos documentos?

O processo de análise pode durar em média até dois dias úteis. Após a aprovação, enviaremos um SMS e um e-mail confirmando sua análise.

Em que formato devem ser as imagens dos documentos anexos?

Você pode anexar imagens tiradas com celular, ou escaneadas, desde que as informações estejam legíveis. Também aceitamos PDF.

Como recebo o dinheiro do empréstimo?

Depois de escolher a data de vencimento das parcelas, e antes de gerar o contrato, você precisa informar os dados de sua conta corrente na Advocart Bank. O depósito normalmente ocorre em até 2 dias úteis após assinar o contrato digital.

Como serei avisado sobre o depósito do dinheiro?

Quando recebermos a confirmação de nossa parceira acerca do seu empréstimo, enviaremos uma mensagem a você por e-mail. O depósito é feito até as 18hs da data prevista. A compensação do valor depositado pode variar de acordo com o seu banco.

O que pode impedir que o depósito aconteça?

O depósito é feito através de transferência eletrônica disponível (TED), por isso precisamos que confirme: se os dados bancários estão corretos; se a conta informada é uma conta corrente em seu nome; se não há limites de transferência; ou algum tipo de restrição que impeça a efetivação do depósito.

Já tenho um empréstimo com a Advocart Bank, quando posso pedir outro?

Depois de 30 dias da data do depósito do seu empréstimo atual, você já pode pedir uma nova análise de crédito. Atenção: este novo empréstimo, se concluído, não terá nenhum vínculo com o empréstimo anterior, ou seja, será um novo contrato, novos boletos e uma nova data de vencimento.

Sobre o Empréstimo com Garantia de Imóveis

Empréstimo com garantia de imóvel é seguro na Advocart Bank?

Sim, 100% seguro! A Advocart bank é parceira da Bcredi, uma fintech especialista em Crédito com Garantia de Imóvel mais de 12 anos atuando com o CGI dentro da Barigui Cia Hipotecária. Ao unir todo esse conhecimento com um processo online, ágil e transparente, oferecemos crédito saudável para clientes em todo o Brasil. Oferecemos uma experiência prática e descomplicada na hora de contratar o seu crédito e investimos em tecnologia para criar um ambiente seguro e confiável.

O que é crédito com garantia de imóvel?

O Crédito com Garantia de Imóvel, também conhecido como refinanciamento de imóvel ou home equity, é um tipo específico de empréstimo pessoal, que utiliza um imóvel como garantia da operação. O processo pode ser feito com imóveis já quitados ou também para imóveis que ainda estão sendo pagos. Dessa forma, o risco da operação diminui e as vantagens aumentam, como a menor taxa de juros do mercado, prazos estendidos de pagamento. É essa combinação entre taxas mais baixas de juros e prazos estendidos de pagamento que faz com que você comprometa menos da sua renda mensal: dá para reduzir em até 85% do valor das parcelas do seu empréstimo.

Existe um valor mínimo e máximo para o crédito? 

Sim. Aqui na Advocart Bank os empréstimos têm valor mínimo de R$ 30 mil e máximo de R$ 3 milhões. Esse valor é calculado de acordo com a sua necessidade e a avaliação do imóvel, pois o crédito contratado poderá ser de no máximo 60% do valor da garantia, em casos de apartamentos, por exemplo.

O crédito é destinado a pessoas físicas e jurídicas?

Sim, tanto pessoa física como jurídica podem contratar o crédito na Advocart Bank, porém, o contrato de empréstimo só será feito em nome de pessoa jurídica se o imóvel apresentado como garantia estiver em nome da pessoa jurídica. É importante ressaltar que todos os sócios e cônjuges precisarão participar da operação.

Qual é a idade mínima para contratar um crédito? Existe idade máxima?

Para contratar um empréstimo, você precisa ter pelo menos 18 anos. Já no caso de idade máxima, o prazo de pagamento é contado regressivamente até os 80 anos. Por exemplo, um cliente de 70 anos poderá contratar o crédito com prazo máximo de 10 anos. Ou seja, a fórmula é: idade do cliente + prazo de pagamento = até 80 anos. Nesse cálculo, também é importante considerar que nosso prazo mínimo de pagamento é de 36 meses (3 anos).

Preciso sair do imóvel que vou usar como garantia?

Não. O imóvel continua sendo seu e, uma vez que o contrato se dá com a alienação fiduciária, o cliente não precisa desocupar o imóvel durante a vigência do contrato. Dessa forma, você também pode alugar o imóvel e até vendê-lo, porém, nesse caso será preciso entrar em contato com a instituição que fez a alienação do imóvel para saber como proceder.

O que é alienação fiduciária?

Esse é o termo usado no contrato do crédito com garantia de imóvel. Ele indica que aquela garantia pode ser usada pelo seu proprietário, mantendo a posse, mas a posse indireta fica com a instituição que ofereceu o crédito até que todo o empréstimo seja quitado.

Qual o prazo para a liberação do crédito?

Esse prazo irá depender da documentação necessária estar em dia. Serão solicitados alguns documentos pessoais, do imóvel e também algumas declarações jurídicas que precisarão passar por cartório. Dependendo da cidade onde você mora e/ou está o imóvel, pode levar alguns dias para conseguir esses documentos. Assim que tudo estiver aprovado, o dinheiro será depositado em sua conta em até 15 dias úteis, a partir da assinatura do contrato.

Como vou receber o dinheiro? Preciso ter conta na Advocart Bank?

Sim, para você receber o dinheiro, você precisa ter uma conta na Advocart Bank. Depois de passar por todo o processo de contratação, o crédito liberado será depositado diretamente na conta corrente informada em sua ficha cadastral.

Qual a forma de pagamento das parcelas?

Depois de contratar o empréstimo, será enviado por e-mail ou pelos correios, todos os meses um boleto bancário para que você faça o pagamento.

Pagando antecipadamente meu empréstimo terei desconto?

Sim, é possível fazer a amortização dos juros das parcelas que você antecipar. Caso queira pagar a primeira e a última parcelas do empréstimo, será realizada a amortização dos juros da última parcela antecipada. Caso queira solicitar a antecipação do pagamento, entre em contato conosco.

A Advocart Bank aceita imóveis em todo o Brasil?

Atualmente, a Advocart Bank atende em todos as regiões do Brasil, em cidades a partir de 50 mil habitantes.

Meu imóvel precisa estar quitado?

Sim, mas se o seu imóvel estiver parcialmente quitado você também consegue contratar nosso empréstimo. Nós podemos quitar o saldo devedor do seu imóvel com a outra instituição financeira, fazendo a portabilidade de todo o valor do imóvel. É importante que o saldo devedor do financiamento seja menor do que 50% do valor da avaliação do seu imóvel.

Como saber se meu imóvel é averbado?

Para verificar se seu imóvel é averbado, primeiramente você precisa ter a Certidão de Matrícula do imóvel, também chamada de Certidão de Inteiro Teor. Nesse documento estão todos as informações históricas do imóvel, como as averbações, atos de compra e venda já realizados, metragem, entre outros dados. Nessa certidão você encontrará a informação de que sua construção foi averbada, ou seja, consta como existente, de forma regular e atualizada. Caso você não encontre nenhuma informação sobre a construção, significa que ela não foi averbada.

Mesmo com um imóvel não averbado é possível fazer o empréstimo com garantia, porém, apenas o valor do terreno será considerado no momento da avaliação. Caso você tenha o documento Habite-se da prefeitura da sua cidade e a Certidão de Débitos Tributários Municipal, será possível fazer a averbação da construção juntamente com nosso contrato de empréstimo, no registro de imóveis.

Quais as formas de pagamento da avaliação do imóvel?

A avaliação do imóvel pode ser paga por boleto bancário à vista ou cartão de crédito em até 3 vezes sem juros. O valor da avaliação é informado durante o processo, conforme o tipo de imóvel. O financiamento do valor da avaliação é possível mediante análise específica da operação.

Mesmo com um imóvel não averbado é possível fazer o empréstimo com garantia, porém, apenas o valor do terreno será considerado no momento da avaliação. Caso você tenha o documento Habite-se da prefeitura da sua cidade e a Certidão de Débitos Tributários Municipal, será possível fazer a averbação da construção juntamente com nosso contrato de empréstimo, no registro de imóveis.

Quais os tipos de imóveis que podem ser aceitos como garantia de crédito?

  • Imóveis residenciais averbados (casas, sobrados ou apartamentos);
  • Imóveis comerciais averbados (salas, escritórios, consultórios, garagens em prédios, lojas e afins);
  • Casas mistas, terrenos/lotes urbanizados ou obras em áreas urbanas, casas não averbadas ou parcialmente averbadas.

O que não pode ser usado como garantia: imóveis rurais, igrejas, escolas, hospitais, imóveis em áreas irregulares, galpões e imóveis industriais.

Quais os documentos necessários para a análise de crédito de Pessoa Física?

Abaixo listamos os principais documentos que serão necessários para a etapa de aprovação de crédito no empréstimo com garantia de imóvel em nome de Pessoa Física.

Documentos pessoais:

  • Cópia do RG e CPF legíveis (inclusive do cônjuge, se houver);
  • Cópia da carteira da OAB 
  • Cópia do Comprovante de Residência atualizado (emitido no máximo há 30 dias);
  • Cópia da Comprovação de Estado Civil (certidão de nascimento ou casamento);
  • Pacto Antenupcial (se houver).

Comprovação de renda:

  • Extratos bancários dos 6 últimos meses com a logo do banco ou Contracheque dos 3 últimos meses, com extratos do FGTS, se houver;
  • Declaração de Imposto de Renda, do ano vigente da solicitação, completa com recibo de entrega. Caso não declare Imposto de Renda, será necessário encaminhar declaração de isenção de imposto de renda.

Quais os documentos necessários para análise de crédito de Pessoa Jurídica?

Abaixo listamos os principais documentos que serão necessários para a análise de crédito no empréstimo com garantia de imóvel em nome de Pessoa Jurídica.

Documentos pessoais, tanto do dono quanto dos sócios da empresa:

  • Cópia do RG e CPF legíveis (inclusive do cônjuge, se houver);
  • Cópia da carteira da OAB 
  • Cópia do Comprovante de Residência atualizado (emitido no máximo há 30 dias);
  • Cópia da Comprovação de Estado Civil (certidão de nascimento ou casamento);
  • Pacto Antenupcial (se houver).

Documentos da empresa:

  • Declaração de Imposto de Renda, do ano vigente da solicitação, completa com recibo de entrega;
  • Última declaração do Simples Nacional ou DIPJ (Declaração de Rendimentos da Pessoa Jurídica) com comprovante de entrega;
  • Contrato social da empresa ou consolidado;
  • Extratos bancários dos 6 últimos meses com a logo do banco.
  • DRE (Demonstrativo de Resultado do Exercício) dos últimos 2 anos;
  • Balanço patrimonial dos últimos 2 anos.

Documentos do imóvel:

  • Cópia da página do Imposto Predial do Exercício, onde constam o endereço e áreas do imóvel (capa do IPTU);
  • Matrícula do imóvel.

Quais são os documentos necessários para a análise jurídica?

Em todas as operações que chegam à nossa equipe jurídica, será solicitada: Imagem de um comprovante bancário onde conste: nome do banco, agência, conta e nome do titular. Serão aceitas imagens do cartão, extrato bancário, cheque ou Imposto de Renda.

Poderão ser solicitados os seguintes documentos adicionais:

  • Declaração de inexistência de débitos condominiais assinada pelo síndico ou administradora, constando: nome completo do síndico/administradora, telefone, endereço completo e e-mail. (Caso o imóvel não se encontre em condomínio, será preciso enviar uma declaração de inexistência de condomínio, mas não se preocupe, a gente te ajuda).
  • Em casos de Portabilidade ou Interveniente Quitante, você deverá apresentar o extrato atualizado da dívida.

Além desses documentos, há mais de 15 certidões referentes aos proponentes e/ou aos imóveis, que podem ser necessárias para a operação e serão solicitadas durante o processo. Nós sempre vamos te manter atualizado.

Quais os documentos necessários no empréstimo para reforma e construção?

Caso seu crédito seja especificamente para construir ou reformar, precisaremos de alguns documentos adicionais:

  • Documentos do imóvel
  • Apresentação de Alvará (válido)
  • Projeto Arquitetônico
  • Habite-se

Existe limite para comprometimento de renda?

A Advocart Bank oferece um crédito saudável, com parcelas que cabem no seu orçamento. Dessa forma, para contratar um empréstimo de forma prudente e segura e seguindo a normativa do Banco Central, o ideal é que no máximo 30% da sua renda seja comprometida com as parcelas do seu crédito.

Outra grande vantagem de fazer seu empréstimo na Advocart Bank é a possibilidade de compor renda com mais 3 pessoas, sejam PJs ou PFs. Isso amplia sua possibilidade de ter o crédito aprovado, incluindo mais proponentes na operação.

É possível a inserção de mais proponentes para composição de renda?

Sim, é possível compor renda com mais de uma pessoa. Serão aceitos até quatro proponentes por contrato, que podem ou não ter grau de parentesco, desde que elas tenham vínculo para pagamento.

Posso usar meu FGTS no crédito com garantia de imóvel?

Não. No Crédito com Garantia de Imóvel não é possível usar o saldo do FGTS no pagamento das parcelas. Isso porque o nosso modelo de contrato é o SFI (Sistema Financeiro Imobiliário), que não permite usar esse fundo para amortizar o empréstimo. É possível utilizar esse saldo do FGTS apenas para fazer o pagamento da entrada do Financiamento Imobiliário.

Como fazer portabilidade de empréstimo com garantia de imóvel?

Para fazer a portabilidade você deverá nos encaminhar o extrato do saldo devedor do seu empréstimo atual junto ao banco ou instituição financeira. O valor do saldo devedor não pode ser maior do que 50% do valor de avaliação do imóvel que será utilizado como garantia.

Preciso comprovar o uso do empréstimo?

Uma das principais vantagens do nosso crédito é que ele é livre e você pode usar como quiser. Apenas para reforma, construção e aquisição de imóvel você precisa mostrar alguns documentos a mais, mas sem muita complicação.

Existem seguros obrigatórios?

Sim. Existem dois seguros que são obrigatórios para a contratação do empréstimo. Um deles é o seguro que cobre Danos Físicos ao Imóvel (DFI), como em casos de incêndio, raios e/ou explosão, desmoronamento total, inundação ou alagamento, entre outros. O segundo seguro obrigatório é o prestamista, que garante que o pagamento do empréstimo será feito, mesmo em caso de morte, invalidez permanente total por acidente ou invalidez laborativa permanente total por doença.

A contratação dos dois seguros são exigências do Banco Central em operações de financiamentos e/ou empréstimo que utilizem imóveis.

Sobre o Financiamento Imobiliário

Financiamento Imobiliário é seguro na Advocart Bank?

Sim, 100% seguro! A Advocart bank é parceira da Bcredi, uma fintech especialista em financiamento imobiliário, mais de 12 anos atuando com o CGI dentro da Barigui Cia Hipotecária. Ao unir todo esse conhecimento com um processo online, ágil e transparente, oferecemos crédito saudável para clientes em todo o Brasil. Oferecemos uma experiência prática e descomplicada na hora de contratar o seu crédito e investimos em tecnologia para criar um ambiente seguro e confiável.

O que é financiamento imobiliário?

Existem diversas formas de financiar um imóvel no Brasil, seja nos bancos tradicionais, em instituições bancárias ou ainda nas fintechs – empresas novas e que investem em tecnologia para oferecer o melhor serviço. Esse é o caso da Advocart Bank, que conta com um processo ágil e transparente para você fazer o melhor negócio.

Ao financiar um imóvel, você precisará pagar um valor de entrada, que corresponde a uma porcentagem do valor total do imóvel. O restante será parcelado em condições a serem negociadas, dependendo do modelo de financiamento e da empresa. Enquanto as parcelas do financiamento estiverem sendo pagas, o imóvel fica alienado à instituição que te emprestou o dinheiro, mas o imóvel já é seu e você poderá usá-lo normalmente.

É importante ficar atento às diferenças nas condições oferecidas em cada empresa, já que as taxas de financiamento imobiliário podem ser bem variadas, assim como os critérios que você precisa atender para conseguir o financiamento imobiliário também serão diferentes.

Na Advocart Bank você conta com uma análise de crédito flexível, ideal para quem esbarrou na burocracia dos bancos tradicionais e perfeita para quem não tem comprovação formal de renda.

Onde fazer financiamento imobiliário?

Antes de decidir em qual instituição você irá solicitar o financiamento do seu imóvel, é importante pesquisar as condições que cada empresa oferece. Além de comparar as taxas de juros do financiamento, você precisa saber qual a porcentagem do valor que pode ser financiada, como funciona a comprovação de renda, se existe carência no pagamento das parcelas e se é possível utilizar o seu saldo do FGTS.

Para fazer essa comparação, você pode utilizar um simulador de financiamento imobiliário, que irá apresentar um cenário dentro do que você precisa. Leias as regras de cada empresa e compare as condições, pois nem sempre os menores juros trazem mais benefícios. Uma fintech como a Advocart Bank oferece mais flexibilidade na comprovação de renda, por exemplo, assim você e sua família podem realizar o sonho da casa própria com mais tranquilidade.

Quer saber mais sobre o financiamento imobiliário da Advocart Bank? A gente te explica!

Como funciona o financiamento de imóvel na Advocart Bank?

  • Você pode financiar até 70% do valor do imóvel
  • Valores entre R$ 30 mil e R$ 4 milhões
  • Composição de renda com até 4 pessoas
  • Pagamento em até 20 anos
  • Juros a partir de 0,56% ao mês
  • Você escolhe o índice de correção: IGPM ou IPCA
  • Possibilidade de usar o seu FGTS como entrada
  • Carência de 90 dias para pagar a primeira parcela

O que são os índices de correção IGPM e IPCA?

O IPCA, sigla para Índice de Preços ao Consumidor Amplo, é um índice de inflação aferido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ele indica a variação de preços no comércio para o consumidor final e é usado como referência para reajustes de contratos e investimentos, entre outros, além de ser o índice oficial de inflação ou deflação.

O IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) é calculado mensalmente pela FGV e é divulgado no fim de cada mês de referência. Atualmente o IGP-M é o índice utilizado para balizar os aumentos da energia elétrica e dos contratos de aluguéis.

Geralmente o IPCA é o índice mais vantajoso por ser mais baixo que o IGP-M. A página oficial do Banco Central oferece as cotações atualizadas desses índices, assim você pode ter mais tranquilidade para escolher qual será o melhor para o seu financiamento imobiliário.

Posso usar meu FGTS no financiamento imobiliário?

Sim. O FGTS pode ser utilizado para pagar a entrada do financiamento. Para isso, é necessário que o imóvel esteja localizado na mesma cidade em que o solicitante reside ou trabalha. Além disso é preciso seguir outras diretrizes de liberação do FGTS. Para entender quais são essas regras, acesse a página FGTS para casa própria da Caixa.

Quais os documentos necessários para a análise de crédito de Pessoa Física?

Abaixo listamos os principais documentos que serão necessários para a etapa de aprovação de crédito no financiamento imobiliário em nome de Pessoa Física.

Documentos pessoais:

  • Cópia do RG e CPF legíveis (inclusive do cônjuge, se houver);
  • Cópia da carteira da OAB
  • Cópia do Comprovante de Residência atualizado (emitido no máximo há 30 dias);
  • Cópia da Comprovação de Estado Civil (certidão de nascimento ou casamento);
  • Pacto Antenupcial (se houver).

Comprovação de renda:

  • Extratos bancários dos 6 últimos meses com a logo do banco ou Contracheque dos 3 últimos meses, com extratos do FGTS, se houver;
  • Declaração de Imposto de Renda, do ano vigente da solicitação, completa com recibo de entrega. Caso não declare Imposto de Renda, será necessário encaminhar declaração de isenção de imposto de renda.

Quais os documentos necessários para análise de crédito de Pessoa Jurídica?

Abaixo listamos os principais documentos que serão necessários para a análise de crédito no financiamento imobiliário em nome de Pessoa Jurídica.

Documentos pessoais, tanto do dono quanto dos sócios da empresa:

  • Cópia do RG e CPF legíveis (inclusive do cônjuge, se houver);
  • Cópia da carteira da OAB
  • Cópia do Comprovante de Residência atualizado (emitido no máximo há 30 dias);
  • Cópia da Comprovação de Estado Civil (certidão de nascimento ou casamento);
  • Pacto Antenupcial (se houver).

Documentos da empresa:

  • Declaração de Imposto de Renda, do ano vigente da solicitação, completa com recibo de entrega;
  • Última declaração do Simples Nacional ou DIPJ (Declaração de Rendimentos da Pessoa Jurídica) com comprovante de entrega;
  • Contrato social da empresa ou consolidado;
  • Extratos bancários dos 6 últimos meses com a logo do banco.
  • DRE (Demonstrativo de Resultado do Exercício) dos últimos 2 anos;
  • Balanço patrimonial dos últimos 2 anos.

Documentos do imóvel:

  • Cópia da página do Imposto Predial do Exercício, onde constam o endereço e áreas do imóvel (capa do IPTU);
  • Matrícula do imóvel.

Quais são os documentos necessários para a análise jurídica?

Em todas as operações que chegam à nossa equipe jurídica, será solicitada: Imagem de um comprovante bancário onde conste: nome do banco, agência, conta e nome do titular. Serão aceitas imagens do cartão, extrato bancário, cheque ou Imposto de Renda.

Poderão ser solicitados os seguintes documentos adicionais:

  • Declaração de inexistência de débitos condominiais assinada pelo síndico ou administradora, constando: nome completo do síndico/administradora, telefone, endereço completo e e-mail. (Caso o imóvel não se encontre em condomínio, será preciso enviar uma declaração de inexistência de condomínio, mas não se preocupe, a gente te ajuda).
  • Em casos de Portabilidade ou Interveniente Quitante, você deverá apresentar o extrato atualizado da dívida.

Além desses documentos, há mais de 15 certidões referentes aos proponentes e/ou aos imóveis, que podem ser necessárias para a operação e serão solicitadas durante o processo. Nós sempre vamos te manter atualizado.

O que são os índices de correção IGPM e IPCA?

O IPCA, sigla para Índice de Preços ao Consumidor Amplo, é um índice de inflação aferido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ele indica a variação de preços no comércio para o consumidor final e é usado como referência para reajustes de contratos e investimentos, entre outros, além de ser o índice oficial de inflação ou deflação.

O IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) é calculado mensalmente pela FGV e é divulgado no fim de cada mês de referência. Atualmente o IGP-M é o índice utilizado para balizar os aumentos da energia elétrica e dos contratos de aluguéis.

Geralmente o IPCA é o índice mais vantajoso por ser mais baixo que o IGP-M. A página oficial do Banco Central oferece as cotações atualizadas desses índices, assim você pode ter mais tranquilidade para escolher qual será o melhor para o seu financiamento imobiliário.

Como fazer portabilidade de financiamento imobiliário?

Para fazer a portabilidade você deverá nos encaminhar o extrato do saldo devedor do seu empréstimo atual junto ao banco ou instituição financeira. O valor do saldo devedor não pode ser maior do que 50% do valor de avaliação do imóvel que será utilizado como garantia.

Posso financiar um imóvel na planta?

Não. Aqui na Advocart Bank nós aceitamos apenas imóveis que já estejam prontos para aquisição. Isso porque a operação de crédito envolve riscos e nossa Política de Crédito para empréstimos e financiamentos requer uma garantia real.

Existem seguros obrigatórios?

Sim. Existem dois seguros que são obrigatórios para a contratação do empréstimo. Um deles é o seguro que cobre Danos Físicos ao Imóvel (DFI), como em casos de incêndio, raios e/ou explosão, desmoronamento total, inundação ou alagamento, entre outros.

O segundo seguro obrigatório é o prestamista, que garante que o pagamento do empréstimo será feito, mesmo em caso de morte, invalidez permanente total por acidente ou invalidez laborativa permanente total por doença.

A contratação dos dois seguros são exigências do Banco Central em operações de financiamentos e/ou empréstimo que utilizem imóveis. A Advocart Bank sempre oferece em suas propostas de empréstimo duas opções diferentes de seguradoras para essa contratação, que fica à escolha do cliente.

Sobre a Folha de Pagamento

O que é Folha de Pagamento Advocart Bank?

A Folha de Pagamento Advocart Bank é uma plataforma online poderosa, fácil de usar e sem custos que automatiza e organiza a sua vida e de seu Escritório de Advocacia quando do pagamento de seus funcionários, estagiários e associados.

Como faço para utilizar a Folha de Pagamento Advocart Bank?

Acesse o App ou nossa página na WEB, clique em Folha de Pagamento e automatize e organize o pagamento de seus funcionários, estagiários e associados.

Quanto pago para utilizar a Folha de Pagamento Advocart Bank?

Você não paga nada. A Folha de Pagamento Advocart Bank é uma plataforma online moderna, fácil de usar e sem custos.

Quais os benefícios de utilizar a Folha de Pagamento Advocart Bank?

Ao utilizar a Folha de Pagamento Advocart Bank você consegue:

  • Gerir o pagamento de seus funcionários, estagiários e associados e muito mais facilmente;
  • Economizar tempo e dinheiro com a automatização dos processos da Folha de Pagamento;
  • Melhorar a administração do seu negócio;
  • Ter maior segurança e menores custos ao evitar tarefas manuais;
  • Melhorar sua eficiência.

É possível cancelar algum pagamento agendado na Folha de Pagamento Advocart Bank?

Sim, você pode cancelar ou modificar qualquer pagamento agendado na Folha de Pagamento Advocart Bank, antes do seu vencimento.

Como faço para cancelar um pagamento já efetuado na Folha de Pagamento Advocart Bank?

Após o pagamento ter sido realizado não é possível fazer o cancelamento pela Folha de Pagamento Advocart Bank. Para cancelar um pagamento você deve entrar em contato com o beneficiário, cujo nome pode ser consultado no comprovante de transação.

Sobre o Gestor Financeiro

O que é o Gestor Financeiro Advocart Bank?

Um sistema desenvolvido pela Advocart Bank para você gerir seus pagamentos muito mais facilmente. Evitando, assim, deixar sua conta no vermelho, gerando maior segurança, menores custos e maior eficiência para você e seu escritório.

Como faço para utilizar o Gestor Financeiro Advocart Bank?

Acesse o App ou nossa página na WEB, clique em Gestor Financeiro e comece a melhorar a eficiência da sua gestão financeira, deixando você livre para fazer o que realmente importa.

Quanto pago para utilizar o Gestor Financeiro Advocart Bank?

O Gestor Financeiro Advocart Bank é uma plataforma online moderna, fácil de usar e sem custos.

Quais os benefícios de utilizar o Gestor Financeiro Advocart Bank?

Ao utilizar o Gestor Financeiro você consegue:

  • Gerir seus pagamentos muito mais facilmente;
  • Fazer previsões e ter uma visão global da liquidez;
  • Evitar ficar no vermelho e com desvios orçamentais;
  • Ter a capacidade de tomar melhores decisões;
  • Eliminar as incertezas e melhorar a administração do seu negócio;
  • Ter maior segurança e menores custos ao evitar tarefas manuais;
  • Melhorar sua eficiência.

Quais tipos de pagamentos podem ser feitos com o Gestor Financeiro Advocart Bank?

Qualquer tipo de pagamento pode ser feito pelo Gestor Financeiro Advocart Bank.

Posso utilizar o Gestor Financeiro Advocart Bank para fazer pagamento de tributos?

Somente quando tiver a guia do tributo calculada.

Posso utilizar o Gestor Financeiro Advocart Bank para pagar funcionários?

A Advocart Bank disponibiliza a plataforma de Folha de Pagamento para que você possa programar e realizar o pagamento dos seus funcionários, associados e estagiários. Contudo, você poderá utilizar o Gestor Financeiro para pagamento de seus colaboradores domésticos, ou até a mesada das crianças.

É possível cancelar algum pagamento agendado no Gestor Financeiro Advocart Bank?

Sim, você pode cancelar ou modificar qualquer pagamento agendado no Gestor Financeiro, antes do seu vencimento.

Como faço para cancelar um pagamento já efetuado no Gestor Financeiro Advocart Bank?

Infelizmente após o pagamento ter sido realizado não é possível fazer o cancelamento pelo Gestor Financeiro Advocart Bank. Para cancelar um pagamento de boleto, conta ou tributo, você deve entrar em contato com a instituição ou beneficiário da cobrança, cujo nome pode ser consultado no comprovante de transação.

Sobre Recarga de Celular

Como funciona a recarga de celular na conta Advocart Bank?

Através da conta, é possível recarregar seu celular ou de qualquer outra pessoa no país. 

  1. Abra o App Advocart Bank;
  2. Na barra de funções, clique na opção “Recarga de Celular”;
  3. Insira o número do celular que deseja carregar;
  4. Na tela seguinte, selecione a Operadora;
  5. Escolha o valor da recarga, dentre as opções disponíveis para cada Operadora;
  6. Coloque a sua senha da conta com 8 caracteres (Senha Transacional – usada para efetuar transações);
  7. Pronto! A solicitação da recarga será processada pela sua Operadora.

Atenção: O valor é imediatamente repassado para a Operadora, após confirmação da recarga de celular, a
operação não poderá ser cancelada.

Para quais Operadoras posso fazer a Recarga de Celular?

Algar Cel, Algar Fixo, Claro, Claro Fixo, Correios, Embratel, Nextel, Oi, Sercomtel Fixo, Surf Telecom, Tim, Vivo e
Vivo Fixo.

Como escolher outro valor de recarga para o celular?

É necessário escolher um dos valores apresentados, conforme a definição das Operadoras.

Qual é o prazo para efetivação da recarga dos créditos para celular?

Assim que a recarga for efetivada no app Advocart Bank, a solicitação será processada pela operadora no prazo
de até 24 horas. Caso esse prazo seja excedido e a recarga não for disponibilizada, consulte a operadora do seu
celular.

Fiz uma recarga de celular para o número errado. O que devo fazer?

Se a recarga foi realizada para um número incorreto, não é possível reverter a operação. Antes de confirmar a
transação, certifique-se de que o número e a operadora do celular estão corretos. Após a confirmação da
recarga, através da digitação da senha transacional, a recarga não poderá ser cancelada.

Como faço recarga programada de créditos para celular?

No momento, não temos a opção de recarga programada.

Sobre o Split de Honorários

O que é Split de Honorários?

O Split de Honorários é uma tecnologia criada pela equipe técnica da Advocart Bank disponível em sua página na internet e em seu Aplicativo exclusivamente para seus Usuários, Advogados, Bacharéis e Estudantes de Direito, e Escritórios de Advocacia, que necessitam repartir de maneira equitativa os honorários.

Como aderir?

Para poder acessar o Split de Honorários, o Usuário deverá ler o Termo de Adesão e Uso do Split de Honorários e, se concordar, clicar em “aderir”, a partir desse momento o serviço estará liberado para ser usado.

Quais as formas de recebimento dos honorários através do Split de Honorários?

O Usuário poderá realizar a cobrança dos honorários e utilizar o Split de Honorários de  duas formas: a) através de Boleto Bancário; e, b) por meio da (ou do) Advocart Pay.

O que é Advocart Pay? 

Advocart Bank disponibilizará a seus Clientes vários de modelos de máquinas de cartão  de crédito e débito (FAQ do Advocart Pay) que poderão ser  utilizadas para recebimento dos honorários.

Posso utilizar uma máquina de cartão de outro fornecedor?

Não. O Split de Honorários está programado para recepcionar tão somente as  maquininhas da Advocart Pay.

Pagarei algum valor ou percentual para utilizar o Split de Honorários?

Como dissemos no item 3, o Split de Honorários admite duas formas: Boleto Bancário e  Advocart Pay: a) Para utilizar o Split o Usuário pagará um percentual de acordo com o  valor da operação, conforme tabela abaixo, e a Tarifa de R$ 3,00 (três reais) se o Usuário  optar por fazer o Split através de Boleto Bancário: 

Percentuais cobrados no Split de Honorários
Taxa Valor da operação
0,30% Até R$ 500.000
0,20% Entre R$ 500.001 até R$ 1.000.000
0,10% Acima de R$ 1.000.000
* Percentual cobrado por operação

b) Caso o cliente do Usuário prefira realizar o pagamento dos honorários através de  cartão de crédito, ao utilizar o Split de Honorários para esta modalidade de distribuição,  deverá o mesmo atentar para as regras e taxas para utilização da maquininha do cartão  (Advocart Pay).

Existe algum Plano da Conta Digital que me dá o direito de utilizar o Split de  Honorários? 

Se o Usuário aderiu a um dos Planos da Conta Digital (Caelibem, Magister, Advocatus,  Martis, Officium e Iustitia), terá direito a realizar 1 (um) ou 2 (dois) Splits de Honorários  sem pagar os percentuais estabelecidos na alínea “a” do item 6 e a Tarifa do Boleto  Bancário. Ultrapassados os limites de Split de Honorários estabelecidos em seu Plano,  ser-lhe-á cobrado o percentual e a Tarifa do Boleto Bancário sobre cada operação.

Realizado o Split de Honorários, em quanto tempo o dinheiro cairá em conta?

Se a operação de Split escolhida foi por meio de Boleto Bancário, poderá levar até 48  (quarenta e oito horas) da compensação do boleto. Se a operação foi por meio da  Advocart Pay, o crédito será realizado de acordo com o seu contrato com a empresa de  cartão de crédito ou débito.

Como será realizada a cobrança do percentual e da tarifa?

Ao concordar com o Termo de Adesão e Uso do Split de Honorários, o Usuário estará  autorizando a Advocart a debitar automaticamente em sua conta digital Advocart Bank.

É possível transferir para terceiros o Termo de Adesão e Uso do Split de  Honorários?

Não. Esse tipo serviço não permite a transferência para terceiros, mesmo que o Usuário seja um cliente Advocart Bank.

Como faço para cancelar o serviço ou rescindir o Termo de Adesão e Uso do  Split de Honorários?

O Usuário poderá cancelar esta contratação a qualquer tempo, bastando apenas não utilizar a funcionalidade do Split de Honorários ou encaminhar um e-mail para geral@advocartbank.com.br informando que não deseja mais estar cadastrado como Usuário do Split de Honorários.

Quais as responsabilidades do Usuário?

a) É de responsabilidade única e exclusiva do Usuário a inserção dos valores ou percentuais e dados dos favorecidos na operação de Split de Honorários, não podendo o mesmo responsabilizar a Advocart caso algum valor venha a ser transferido para terceiro estranho à operação ou no caso de divergência; b) É também de responsabilidade do Usuário e dos favorecidos a emissão da respectiva Nota Fiscal, bem como prestar as devidas e necessárias informações à Receita Federal e demais órgãos de fiscalização.

Sobre pagamentos, cadastro e serviços

Tem suporte por telefone?

Não temos suporte por telefone, mas temos atendimento por chat para o Plano Básico, Whatsapp para o Business e além destes, e-mail para o Corporate.

Confira todos os Planos aqui.

Recebi um pagamento e não reconheço, o que faço?

Entre em contato com o nosso suporte, através do Chat, Whatsapp ou Email, com o valor, data, descrição e usuários envolvidos nos pagamentos em questão. Nosso departamento de Segurança e Prevenção a Fraude irá averiguar a sua solicitação.

Não tenho saldo, posso pagar alguém?

Sim, o valor será debitado de seu cartão de crédito, mas o recebedor só poderá movimentar o valor recebido após 30 dias.

É possível pagar alguém que não tem Advocart Bank?

Sim, você pode fazer um TED ou Pix e transferir o dinheiro para conta desejada. Lembrando que estes só podem ser utilizados se tiver saldo na conta.

Paguei a pessoa errada, posso cancelar?

Infelizmente, depois de enviado não podemos cancelar a transação. Mas calma, isso se resolve rápido! Mande uma cobrança de igual valor para essa pessoa.

Se o outro usuário aceita a sua cobrança, entre em contato conosco através de um dos nossos canais de atendimento e vamos fazer o nosso melhor para ajudá-lo a colocar a situação em ordem. A Advocard Bank, infelizmente não pode cancelar o pagamento que você fez, só podemos reverter o pagamento com a permissão de ambas as partes.

Posso usar Advocart Bank para pagar por um serviço?

Sim. Mas lembre-se, A Advocart Bank é direcionado para pagamentos entre funcionários/estagiários, clientes e sócios. Evite pagamentos a pessoas ou empresas que você não conheça.

Fiz um pagamento e ele não foi aprovado, mas tenho limite. O que eu faço?

Seu cartão pode ser recusado pelo banco ou pela empresa que emitiu o cartão. Á Advocart Bank não é fornecido qualquer razão para a recusa. Isso protege a sua privacidade.

Se você gostaria de saber por que o seu cartão foi recusado, recomendamos que você entre em contato com o banco ou a bandeira que emitiu o cartão.

Posso cobrar ou pagar mais de uma pessoa ao mesmo tempo?

É claro que pode! Basta selecionar todas as pessoas para as quais deseja efetuar o pagamento/cobrança. Ao pagar vários usuários ao mesmo tempo, a quantidade que você digitar será o valor enviado a cada usuário.

Como faço para manter minha atividade de pagamento privado?

Aqui na Advocart Bank prezamos pela sua privacidade e todos os seus pagamentos, cobranças e valores envolvidos nunca são mostrados.

Recebi um pagamento e ele aparece como crédito futuro, quando ele estará disponível?

Pagamentos recebidos com cartão de crédito só ficarão disponíveis após 30 dias.

Qual o valor máximo para pagamento e recebimento?

Resposta aqui

Posso utilizar meu cartão de crédito para fazer recarga do celular e pagar contas?

Não, para fazer recargas no celular, pagar contas e realizar TEDs você precisa utilizar o saldo disponível em sua conta digital Advocart Bank.

Quero cobrar alguém que não tem Advocart Bank. É possível?

Sim é possível, você pode emitir um boleto e enviá-la.

Quanto tempo demora para o saque cair disponível em minha conta?

O saque ficará disponível em um prazo de até dois dias úteis.

Solicitei um saque e ainda não entrou o dinheiro, o que faço?

Entre em contato conosco através de um dos nossos canais de atendimento.

Existe algum custo para realizar o saque?

A Advocart Bank disponibiliza até 2 saques gratuitos por mês para uma conta bancária sua, para saques adicionais o valor varia de acordo com o plano da sua conta digital.

Me cadastrei como pessoa jurídica, mas não tenho conta jurídica no banco. O que faço?

Neste caso você precisará realizar uma TED da para sua conta bancária de pessoa física. A função saque deve ser utilizada para sacar dinheiro para contas bancárias de mesma titularidade da conta digital Advocart Bank, ou seja: uma conta jurídica no Advocart Bank pode apenas sacar para outra conta jurídica de mesmo CNPJ.

Abrir chat
Precisa de ajuda?